Florianópolis

O governo de Santa Catarina liberou os cultos e as missas, a abertura de shoppings, centros comerciais e restaurantes, e o exercício físico em parques, praias e em academias, atividades que estavam proibidas desde março por causa da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito em coletiva nesta segunda-feira (20). Ainda não há previsão para a volta das aulas e nem do transporte público.

Atividades religiosas como missas e cultos, foram liberadas pelo Governo do Estado nesta segunda-feira (20). A abertura de restaurantes, shoppings centers, centros comerciais e também dos exercícios físicos em academias, em parques e praias serão liberadas a partir desta quarta-feira (22), em Santa Catarina. A informação foi dada nesta segunda, em coletiva.

Escolas e transporte coletivo ainda seguem sem funcionamento. O governo ainda estuda retomada do Campeonato Catarinense de futebol. Será publicada uma portaria ainda nesta segunda-feira, que estabelecerá as regras de funcionamento. No entanto, regras como manter a distância de pelo menos 1,5 metro entre os fiéis, foram estabelecidas no decreto.

O governador Carlos Moisés (PSL), destacou que a liberação das atividades poderá ser suspensa a qualquer momento caso a situação fique fora da normalidade. O chefe do poder Executivo e o secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, pediram que a população catarinense deixe as suas casas apenas quando for necessário. Um decreto estadual publicado recentemente tornou obrigatório o uso de máscaras no Estado.

Na coletiva, Moisés divulgou que Santa Catarina tem 1.063 casos de Covid-19 e 35 mortes. Conforme o governador, as flexibilizações das atividades foram iniciadas porque o avanço do novo coronavírus está, de certa maneira, em situação estável. A taxa de transmissão do vírus teve queda desde o dia 17 de março, quando foi decretada a quarentena no Estado.