O secretário estadual de infraestrutura, Valdir Cobalchini, e o governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, assinaram o repasse de verba para finalizar a estrutura do Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, nesta sexta-feira, em Tubarão.
O secretário estadual de infraestrutura, Valdir Cobalchini, e o governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, assinaram o repasse de verba para finalizar a estrutura do Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, nesta sexta-feira, em Tubarão.

Zahyra Mattar
Tubarão

A breve passagem do governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira (PMDB), nesta sexta-feira, pela região de Tubarão, teve de tudo um pouco. Protestos, ‘obrigados’, distribuição de polpudos convênios, e a confirmação de uma reivindicação unânime: o Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, começa a operar até dezembro deste ano.
A confirmação veio do próprio governador, ao anunciar o repasse de mais verba para finalizar totalmente a estrutura. Serão aplicados mais R$ 3.246.600,00 (veja detalhamento ao quadro).

A contratação de uma equipe de segurança também foi anunciada. Os trâmites serão feitos por meio da secretaria de desenvolvimento regional em Tubarão.
“Deixar toda aquela estrutura lá seria um crime de lesa pátria. Não mais o que esperar. Hoje, qualquer obra pode paralisar, menos o aeroporto. O empreendimento vai começar a operar este ano e isto é fato”, valorizou Eduardo Moreira.
As obras de acabamento no terminal de passageiros e no edifício do corpo de bombeiros terminam no próximo mês. Quanto ao acesso, atualmente existem quatro frentes de trabalho.

Uma executa o viaduto sobre a estrada de ferro, a segunda atual na edificação do pontilhão sobre o Rio Jaguaruna, a outra efetua o acesso interno no empreendimento e a quarta equipe executa a terraplenagem entre o Rio Jaguaruna e a BR-101.

Os números do convênio

O convênio para finalizar as obras do Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, abrange oito itens. Com isso, o empreendimento ficará legitimamente equipado para iniciar as atividades.

1º – R$ 849 mil
Iluminação das áreas externas, como pátio de aeronaves e estacionamento de veículos, por exemplo.

2º – R$ 148 mil
Sistema de gerenciamento de voos.

3º – R$ 372 mil
Sistema de informática de todo terminal de passageiros e prédio dos bombeiros aeronáuticos.

4º – R$ 240 mil
Instalação de CFTV.

5º – R$ 248 mil
Sistema de sinalização vertical noturna.

6º – R$ 86,8 mil
Aquisição de mobília para o prédio dos bombeiros.

7º – R$ 1.178 milhão
Aquisição de mobília, ar condicionado e raio-x do terminal de passageiros.

8º – R$ 124 mil
Aquisição das publicações e cartas aeronáuticas.

Total: R$ 3.246.600,00

Fonte: Diretoria de transportes da secretaria estadual de infraestrutura.

Tubarão
Sempre sucinto em suas palavras, o prefeito de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), mandou um sincero “muito obrigado” ao governador em exercício, Eduardo Moreira (PMDB), pela reformulação do convênio para a Arena Multiuso. Agora, o estado arcará com R$ 14.175.035,00. Também foi contemplada com repasse a Apae do município, que recebeu R$ 217.017,00 para a aquisição de um ônibus escolar adaptado. A organização da Feira da Indústria, Comércio e Serviços (Feincos) recebeu R$ 150 mil.

Gravatal
O prefeito de Gravatal, Rudnei Fernandes do Amaral (PMDB), o Nei, foi o primeiro a canetear um convênio. Ele recebeu R$ 267 mil para a recuperação de rodovias municipais.

Jaguaruna
Na próxima segunda-feira, Eduardo Moreira assinará, em Jaguaruna, o convênio com a prefeitura para pavimentação do acesso ao balneário Esplanada. A obra é orçada em R$ 7 milhões (R$ 6 milhões do estado e R$ 1 milhão do município). São 6,3 quilômetros de estrada. A solenidade será no salão paroquial do balneário Esplanada (ao lado da igreja), às 19 horas.

Capivari de Baixo
O bom humor do prefeito Luiz Carlos Brunel Alves (PMDB) roubou a cena na assinatura dos convênios entre o governo do estado e gestores municipais, nesta sexta-feira, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão. “Não tá faltando nenhum centavinho aí, tá!?”, perguntou Brunel, aos risos. O convênio com o município é na ordem exata de R$ 1.345.403,33, e servirá para a pavimentação asfáltica e construção de calçadas e de uma ciclovia na avenida das Nações. “A próxima obra é a Ponte do Amor”, antecipou Brunel.