O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) protocolou pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (19).

Ex-bolsonarista, Frota elencou seis crimes para sustentar o pedido: crime de responsabilidade por convocar manifestação; crime contra a segurança nacional, por incitação e chamamento à manifestação contra a Constituição; crime contra a administração pública, por exclusão do jornal Folha de S.Paulo de um evento público; crime por descumprimento do decoro do cargo; crime contra a administração pública, por atacar as jornalistas Patrícia Campos e Vera Magalhães; e crime contra a saúde pública, pelo episódio em que compareceu à manifestação no Palácio Alvorada, no último dia 15.