Capivari de Baixo

As 184 famílias de Capivari de Baixo pré-selecionadas a integrar o projeto Lar Legal precisam procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Loteamento Camila até a quarta-feira da próxima semana para assinar a procuração e dar entrada aos processos judiciais. O objetivo é registrar e escriturar os imóveis de famílias economicamente carentes. 
 
A ação, executada em várias cidades catarinenses, por iniciativa do Tribunal de Justiça, foi iniciada na Capital Termelétrica  no ano passado com o intuito de garantir juridicamente às famílias a posse de suas propriedades. Nos últimos meses, uma equipe da secretaria da assistência social da prefeitura efetuou uma pesquisa no loteamento, a fim de levantar quantas famílias não tinham seus imóveis escriturados e registrados.
 
Das 600 casas visitadas, 184 foram pré-selecionadas e têm tudo para seguir a vida com mais dignidade: “Com este documento, os proprietários poderão, por exemplo, melhorar, ampliar ou até vender os seus imóveis, algo antes impossível porque não tinham como provar a titularidade de suas casas”, celebra o assessor jurídico da prefeitura, Alexandre Santos Moraes.
 
Serviço
O Cras fica aberto de segunda a sexta-feira, das 7 às 11 horas. Às quintas-feiras, o atendimento também é realizado das 13h30min às 17h30min. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 3623-4997.