Içara

Aos 5 anos, a família do içarense Daniel Guessi Mazzuchello recebeu o diagnóstico de que ele possuía uma deficiência em uma válvula do coração. Nada grave, segundo o médico, e a vida seguiu normalmente. No entanto, em 2018, após exames de rotina, Daniel, agora com 17 anos, descobriu que possui um aneurisma na artéria aorta torácica. Familiares e amigos realizam ações para arrecadar recursos, pois o problema pode ser resolvido somente com cirurgia.

“Antes, ele tinha uma vida normal, não apresentava nenhum sintoma, mas agora está mais restrito, teve que se afastar do trabalho também porque não pode fazer exercícios físicos. Se fizer, a veia pode romper, trazendo risco de morte. E o médico falou que a solução é a cirurgia, ele precisa fazer a troca da aorta e da válvula do coração, mas é um procedimento caro, então estamos fazendo uma campanha para juntar esse dinheiro”, conta o pai, Luciano Mazzuchello.

Todo o procedimento – cirurgia cardiovascular e internação – custa aproximadamente R$ 70 mil. Um aneurisma da artéria aorta é a dilatação da veia. Ainda conforme o pai, o médico não estabeleceu um prazo para que a operação seja realizada, mas a vida de Daniel seguirá de forma limitada enquanto a cirurgia não acontecer, pois a parede da veia dele está mais fina e pode romper ao menor esforço físico.

Como a família não possui o valor necessário, um almoço beneficente está marcado para o dia 23 de setembro, no Centro Comunitário do bairro Barracão, em Içara. A partir do meio-dia será servida galinha com polenta ao valor de R$ 20 por pessoa. Os ingressos já estão disponíveis e quem quiser adquiri-los ou precisar de mais informações pode entrar em contato através do telefone (48) 99602.3255.

Luciano é analista pessoal nas empresas Empretec Vigilância Patrimonial e TecServ Prestadora de Serviços, onde a situação comoveu a direção e outros funcionários. “Quando envolve saúde sempre nos comove. Sabemos que a saúde pública é precária e nem todos têm condições de assumir tratamentos particulares. Nesse caso também nos surpreende porque se trata de um jovem, por isso estamos empenhados e mobilizamos várias ações, como o almoço, a vaquinha, rifa”, comenta o sócio-proprietário da empresa, Davi Teixeira.

Vaquinha online

Quem não puder comparecer ao almoço ou deseja ajudar de outra forma, foi criada uma “vaquinha online”. Doações podem ser feitas por meio do link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cirurgia-cardio-vascular. Uma conta bancária também está disponível para depósitos, conforme dados abaixo:

Caixa Econômica Federal

Daniel Guessi Mazzuchello

Agência 1785

Conta 00074603-0

Operação 013