Rafael Andrade
Tubarão

Um estelionatário de Tubarão foi preso ontem após meses de investigação da Central de Operações Policiais (COP), com auxílio de outras centrais de polícia da região sul de Santa Catarina. Ele é acusado de aplicar vários golpes no comércio, em revendas, em bancos e até lojas prestadoras de serviço.

O homem já foi levado ao Presídio Regional de Tubarão, mas vítimas de golpes nos últimos meses devem procurar a COP para fazer o reconhecimento do acusado.
Os agentes cumpriram um mandado de prisão, expedido pelo Fórum de Araranguá, município onde também era investigado. Somente na Cidade das Avenidas, ele é acusado de envolvimento em um golpe que rendeu pouco mais de R$ 50 mil. Ele utilizava documentos falsos e teria conseguido um empréstimo bancário em nome de uma outra pessoa da cidade.

Ele ainda é investigado pela participação em diversos outros movimentos fraudulentos em Grão-Pará, Jaguaruna, Treze de Maio, Sangão e Tubarão. Para aplicar os seus golpes, o estelionatário apresentava-se com outros nomes, mas sempre utilizava o seu primeiro nome verdadeiro.