Na semana passada, três operários realizaram demarcação do terreno para que o estaqueamento pudesse começar hoje. Paralelamente a isso, será feito a preparação das formas para, depois, construir as vigas do futuro prédio.
Na semana passada, três operários realizaram demarcação do terreno para que o estaqueamento pudesse começar hoje. Paralelamente a isso, será feito a preparação das formas para, depois, construir as vigas do futuro prédio.

Angelica Brunato
Tubarão

Os trabalhos de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, em Tubarão, avançam. As obras são realizadas no terreno em frente da garagem da prefeitura, na rua Januário Alves Garcia, no centro da margem esquerda. O canteiro de obras está totalmente instalado e o terreno preparado.

Na última semana, três trabalhadores realizaram a demarcação do futuro prédio. “Marcamos todos os pontos que receberão o estaqueamento, necessário para a sustentação do edifício”, explica o engenheiro civil Fábio Goulart Barrios, da Construtora Souza e Esmeraldino, responsável pela obra.
 

Também na semana passada, foi feita a armadura das 91 estacas. A partir de hoje, começa a ser realizado o estaqueamento. Este serviço será feito por uma empresa terceirizada e estar pronto até o fim de semana.
Paralelo a isto, cerca de 12 operários da Souza e Esmeraldino realizarão os trabalhos com as formas e as ferragens. A próxima etapa será a colocação das vigas. A empresa tem 12 meses para a conclusão da obra (até 13 de março do próximo ano).

A estrutura é erguida em um espaço de 2,9 mil metros quadrados. A UPA 24 horas foi projetada para absorver cerca de 80% do movimento do setor de emergência do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).
Avaliada em R$ 3,6 milhões, a obra será feita com recursos do governo estadual (R$ 1 milhão) e do município, já que o convênio com o Ministério da Saúde não se concretizou.

UPA-24 horas l o projeto

• A ordem de serviço à construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas foi assinada no dia 13 do mês passado, para a Construtora Souza e Esmeraldino, de Tubarão, vencedora da licitação.
• Na solenidade esteve presente o secretário de saúde do estado, Dalmo Claro de Oliveira.
• A UPA 24 horas terá seis leitos, com possibilidade de ampliação para oito.
• No local, serão realizados desde serviços de pronto atendimento, considerados menos graves, até pequenas cirurgias. Os casos de maior complexidade continuarão a ser encaminhados aos hospitais.
• A quantidade de profissionais que atuarão na unidade ainda não está definida, mas o local contará com médico plantonista e outros profissionais da área.
• O investimento para equipar o espaço está orçado, inicialmente, em R$ 350 mil.
• O primeiro piso do prédio terá uma área de 887,48 metros quadrados. O segundo será de 378 metros quadrados.