Estrada do Farol de Santa Marta, em Laguna, integra o pacote de obras em estradas catarinenses. Ação garantirá ainda mais desenvolvimento econômico e turístico do lugar
Estrada do Farol de Santa Marta, em Laguna, integra o pacote de obras em estradas catarinenses. Ação garantirá ainda mais desenvolvimento econômico e turístico do lugar

Laguna

 

O investimento na recuperação e pavimentação da malha rodoviária de Santa Catarina é de R$ 618 milhões. O valor faz parte do balanço divulgado nesta semana pelo Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra). São 547 quilômetros de rodovias em obras. Desse total, 19 quilômetros são de recuperação e 528 quilômetros de pavimentação nova.
 
“Não existe nenhuma obra parada. Entre as já iniciadas, estão a SC-100 (entre Laguna e Jaguaruna), a ligação de Salto Veloso a Água Doce, a SC-432 (ligação de Orleans a Pedras Grandes), a duplicação das SCs 401, 405 e 407, na Grande Florianópolis, e o contorno de Videira”, detalha o secretário de infraestrutura, Valdir Cobalchini.
 
Segundo ele, Santa Catarina será o primeiro estado do Brasil a ter 100% dos municípios com pelo menos um acesso asfaltado. Paralelamente, o secretário chama a atenção para o início do programa SOS Rodovias, cuja licitação está em andamento.
 
A ação garantirá a recuperação de 127 pontos considerados os mais críticos nas rodovias catarinenses. São locais onde ocorrem cerca de 70% dos acidentes com vítimas. O objetivo é tornar estes trecho mais seguros.
“O projeto foi idealizado com base no levantamento da Polícia Rodoviária Estadual, o qual aponta que a maioria dos acidentes ocorre quase sempre nos mesmos locais. Por isso, vamos agir diretamente para mudar o quadro”, promete Cobalchini.