A SCPAR Porto de Imbituba entregou em abril o novo sistema de distribuição de energia elétrica do Porto de Imbituba. Após 21 meses de execução, o investimento de R$ 3,3 milhões remodelou toda rede de alta tensão e iluminação das vias internas, e representa a mais importante melhoria na infraestrutura elétrica do Porto desde 1994, quando a rede antiga foi implantada.

A nova rede contempla aproximadamente 7km de linhas de alta tensão, com 25 km de cabeamento subterrâneo, além de 170 postes de fibra de vidro, mais leves e resistentes à maresia e ventos típicos da região de Imbituba. A iluminação fica por conta de 225 luminárias de LED, mais econômicas, duráveis, com acendimento automático e controle da intensidade da luz. A última etapa, com previsão de conclusão ainda neste semestre, consiste na remoção da estrutura antiga, completamente desativada desde o dia 5 de abril.

“Esse investimento era vital para fornecer aos usuários do Porto de Imbituba a confiabilidade e continuidade no fornecimento de energia, com estrutura adequada e tecnologia atualizada aos melhores padrões de sustentabilidade e eficiência energética”, destaca o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Fábio Riera.

Segundo Luiz Gustavo Piucco, engenheiro eletricista da Autoridade Portuária, a rede antiga apresentava sinais de desgaste por uso, corrosão pela proximidade à área marítima, além de desatualização tecnológica. “Com essa ampla renovação, a expectativa é de que a nova estrutura suporte a demanda portuária de distribuição de energia pelos próximos 30 anos, resultando em melhores condições de operação e segurança do tráfego interno”, complementa Piucco.

Os serviços foram executados pela empresa Botega Montagens Elétricas, vencedora do Edital de Licitação nº 047/2019.

Mais investimentos

Os investimentos no sistema energético do Porto de Imbituba ganharam velocidade nos últimos anos. Em 2018, foi entregue a reformulação e ampliação da iluminação da área de cais, melhoria reconhecida com o troféu Onda Verde, do 25º Prêmio Expressão de Ecologia, maior premiação ambiental do Sul do Brasil, na categoria Conservação de Energia.

Em 2020, entraram em operação os medidores remotos de energia elétrica no Porto. Os equipamentos fazem parte do sistema de telemetria, que permite monitorar, à distância, o consumo de energia das instalações sob gestão da Autoridade Portuária e aquelas utilizadas por terceiros, como áreas arrendadas, por exemplo.

Atualmente, além da entrega da remodelação da rede de alta tensão e iluminação das vias internas, está agendada para a próxima semana, 27 de abril, a licitação de um sistema de energia solar, a ser instalado em cerca de 830 m² de áreas de telhado das instalações do Porto, estrutura que contribuirá com 15% do consumo elétrico atual.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: SCPar Porto