A família Mashni, de Tubarão,  ainda se recupera do susto que teve no domingo, quando Nidal Mashni (36) bateu a cabeça ao mergulhar em uma piscina. Ele foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição sem os movimentos do corpo. Com o acidente ele fraturou duas vértebras da coluna. Ele chegou acordo ao Hospital e o passou o contato da família.

Nidal fraturou as vértebras C3 e C4 e perdeu a sensibilidade do corpo e não conseguia se movimentar  porque fragmentos dos ossos estavam comprimindo a medula.  De acordo com o irmão d eNidal, Mahmmud Mashni, ainda não há como ter certeza se o dano é permanente.

Mahmmud disse que ontem à noite (26) Nidal  teria sentido pouca sensibilidade, mas ainda não tinha movimento nenhum.

“Na segunda-feira ele fez a cirurgia pra retirar esses fragmentos de ossos e o médico disse que devido o inchaço no local do procedimento é normal essa falta de movimentos. Ainda não conversamos com o Nidal hoje porque ele está sedado. Hoje ele fará novos  exames”, disse Mahmmud.

Nidal está internado na UTI do HNSC e aos cuidados do neurocirurgião Marcos Ghizoni e equipe. O acidente aconteceu no domingo de manhã. Mahmmud contou que assim que Nidal pulou na água os amigos o tiraram em seguida porque perceberam que ele se afogava, devido a falta de movimentos no corpo.

.  

Nas redes sociais amigos e a família manifestam o sentimento da recuperação de Nidal. “Os médicos da UTI nos assustaram muito no dia do acidente, mas o Dr. Marcos nos tranqulizou. Estamos prerseverantes de que tudo dará certo”, finaliza