Tubarão

Em uma bate-papo sobre empreendedorismo familiar, que Nelson Füchter Filho, diretor e fundador da Le Monde, grupo que representa a marca Citroën em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, voltou à sua cidade natal, Tubarão, para conversar com empresários de diversos setores. Pensando em inspirar essas pessoas, que o escritório de advocacia Moraes & Gonçalves promoveu o encontro. “Queríamos trazer para o nosso cliente a experiência de alguém que já passou por diversas dificuldades nos negócios, que começou pequeno e agora possui uma empresa grande”, relata um dos sócios do escritório, Diego Vieira.

Empresa familiar também é a realidade, há 35 anos da família de Mônica Soares Mendes Vetter. O pai fundou a Silmen Móveis, e tanto ela quanto o irmão, Murilo, trabalham na empresa. Desde crianças, eles estavam sempre juntos com o pai e, quando adultos souberam exatamente o que queriam fazer. O evento chegou em boa hora para os irmãos, que pretendem fazer deste ano o melhor da empresa. “A palestra caiu como uma luva para nós”, fala Murilo. “Motivação era tudo o que precisávamos para ajustar as nossas ideias e colocá-las em prática”, complementa a irmã.

Füchter Filho destacou a habilidade de superar a crise econômica e prosperar. “É necessário planejar, estudar e atender bem o cliente. Na hora da dificuldade, sobrevive quem consegue se adaptar”, relata. Ao encerrar a palestra, ele disse que é preciso saber separar a família do patrimônio, focar no resultado e preservar a ética. Desde 2011, a Moraes & Gonçalves Advogados promove, anualmente, palestras para confraternizar clientes e proporcionar a troca de experiências e de conhecimento.

A economia brasileira mostrou sinais de retomada de crescimento, principalmente em Santa Catarina, conforme aponta o relatório da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc). Somente no ano passado, foram abertos 4.445 novos negócios nas 18 cidades da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel). Em comparação com 2016, o crescimento foi de 21,64%.

Em Tubarão, foram abertas 1,5 mil novas empresas em 2017, 409 a mais que no ano anterior, o que corresponde a 27,27% de crescimento. Um dos setores que apresentou evolução significativa foi de atividades profissionais, científicas e técnicas, com 126 empresas constituídas, 35,7% a mais que 2016