Dois candidatos à prefeitura de Imaruí participaram nesta quarta-feira (21) pela manhã, do debate realizado pela Rádio e TV Tubá e pelo Portal Notisul. Oito postulantes ao cargo de chefe do poder Executivo foram convidados para participarem do encontro, três deles assinaram o documento para participação, um afirmou que não poderia estar presente e quatro não responderam ao convite feito.

Os candidatos Valdeci Cardoso Vieira (PSB), Gilson Manoel Rosa (PSD) e Luciano César Boico (PT) confirmaram presença, porém, Luciano não pôde participar do evento por causa do falecimento de sua mãe ocorrido nesta terça-feira (20). Antes de começar o debate, candidatos e assessores foram orientados pela produção sobre as regras.

Este foi o sexto encontro de postulantes ao cargo de chefe de Poder Executivo em cidades da Amurel promovido pela Rádio Tubá e Portal Notisul nas eleições de 2020. A ação é realizada nos estúdios da rádio e ocorre das 10 às 11h55. O evento é transmitido pela Rádio Tubá AM 730 e também pelas redes sociais. O evento também é promovido pelo Portal Notisul.

O programa foi divido em quatro blocos, o primeiro com apresentação dos candidatos, o segundo com questionamentos entre eles, o terceiro os prefeituráveis responderam às perguntas realizadas pela produção do programa e no quarto e último bloco foram respondidos os questionamentos feitos pelos ouvintes e internautas. Os encontros têm duração de 1h55. Cada programa dois apresentadores são responsáveis por comandar o debate. Há rodízios de comunicadores.

Questionado sobre segurança pública, o prefeiturável Gilson afirmou que no município há problemas sérios, inclusive na diminuição do efetivo de policiais militares e civis. “Temos que necessariamente cobrar do Governo do Estado. Buscar mais efetivos para traze policiais Militar e Civil. É necessário que façamos um trabalho de excelência nesta área”, assegura.

Também perguntado sobre segurança pública, o candidato Valdeci, pontuou que é preciso atacar a questão social. “Vamos atacar as questões das drogas é necessário atacar a questão social. Não teremos segurança enquanto não atacarmos a questão da vida, temos que chegar perto dos nossos jovens. Uma criança tem que crescer com boas escolas boas, uma boa alimentação e todos temos que ter comida na mesa. Se não tivermos um bom trabalho social não há como darmos seguimento em segurança, educação, saúde e inúmeras melhorias que os municípios precisam”, observa.

Devido à pandemia do coronavírus, os candidatos tiveram que permanecer com a máscara durante o debate. O número de pessoas no estúdio foi limitado. Os assessores puderam acessar o local somente nos intervalos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Crédito: Luiz Carlos