Wagner da Silva
São Ludgero

O acordo informal entre os vereadores de São Ludgero irá gerar uma razoável economia aos cofres públicos até o fim deste ano. Até o último mês, a câmara havia devolvido à prefeitura aproximadamente R$ 160 mil. Até o fim de ano, é previsto devolução de R$ 80 mil, o que culminará na cifra de R$ 240 mil de economia neste ano.

Mesmo com investimentos em equipamentos, pagamento de pendências com o INSS (R$ 3 mil por mês), além da empresa de auditoria e concurso público, o presidente do legislativo, Benício Warmeling (DEM – foto), avalia o ano como positivo. “A política da economia também trouxe alívio ao repasse da câmara. A mesa diretora buscou sempre ouvir os vereadores e realizar as ações com total transparência”, enfatiza o presidente.

Benício ainda declara que as medidas de economia provam o compromisso dos vereadores com o dinheiro público. “Temos certeza de que a prefeitura empregará bem este dinheiro e encontrará uma forma de devolve-lo para a população em forma de ações positivos”, valoriza.