#Pracegover foto: na imagem há um coração e uma folha de exame
#Pracegover foto: na imagem há um coração e uma folha de exame

Enquanto o país deve atingir o número de 20 milhões de pessoas com diabetes em 2045, de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 400 mil brasileiros morrem por ano em decorrência de problemas cardiovasculares, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia. O que boa parte da população não sabe é que em um grande número de casos essas graves questões de saúde se cruzam. É neste cenário de necessidade de informação sobre a relação entre diabetes e doenças cardiovasculares que a ADJ Diabetes Brasil aproveita o Dia Mundial do Coração, 29 de setembro, para lançar a campanha digital “Se Cuida”.

As pessoas que têm diabetes são mais propensas ao desenvolvimento de alguma complicação cardíaca, caso não sigam o tratamento de forma adequada. Por isso, a ADJ tradicionalmente realiza ações presenciais nesta data, sempre com o objetivo de educar e conscientizar, mas precisou reformular a estratégia desde o ano passado por conta da pandemia. A abordagem deste ano, que conta com patrocínio das empresas Novo Nordisk e AstraZeneca, será virtual, apostando no poder de alcance das mídias sociais.

 

A Campanha

No próprio dia 29 será divulgado um vídeo que mostra uma criança que tem diabetes entregando o desenho de um coração para o seu padrinho, que também tem a doença, narrando tudo o que ele precisa fazer para cuidar bem daquele presente tão valioso. Entre as recomendações: não beber, não fumar e seguir todas as orientações médicas. Na mesma data, uma live com cardiologista, profissional de educação física e nutricionista será realizada nas páginas do Facebook e do YouTube da ADJ com dicas multidisciplinares para cuidados com o coração.

Haverá também um desdobramento nas redes, com outras cinco crianças com diabetes tipo 1 repetindo o mesmo movimento do vídeo, entregando seus corações em desenho para 5 adultos com diabetes tipo 2.  É importante declarar que toda a dinâmica seguirá os protocolos de segurança. Sobre a simbologia da ação, o presidente da ADJ Diabetes Brasil, Gilberto Casanova, diz:

“Estamos cada vez mais nos empenhando em disseminar informações não apenas sobre o diabetes, mas também sobre as suas complicações, como é o caso das doenças do coração. Nem todos relacionam o diabetes ao risco cardiovascular. Queremos levar este recado ao público, de uma forma que toque o coração, mostrando a pureza das crianças. Dar este alerta é nosso trabalho. Por isso, “Se cuida”.

 

Como o diabetes impacta em risco cardiovascular?

O diabetes, tipo 1 ou tipo 2, é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, mas não é tão associado quanto o colesterol, obesidade e triglicérides aumentados. Dados do Sistema de Vigilância de Doenças Crônicas do Ministério da Saúde (VIGITEL), mostram que de 18 a 25% das pessoas que têm diabetes desenvolvem hipertensão arterial. Estudos apontam, ainda, que 30% dos casos de insuficiência cardíaca tem relação com o diabetes e que a doença leva ao dobro de risco de infarto.

 

Como a pessoa que tem diabetes pode evitar doenças cardiovasculares

  • Hábitos alimentares saudáveis
  • Prática regular de atividade física
  • Uso das medicações conforme prescrição médica
  • Manter os níveis de glicemia e Hemoglobina Glicada (HbA1C) sempre dentro das metas preconizadas pelas diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: ADJ Diabetes Brasil