A expectativa para que os trabalhos ganhem um ritmo aceitável é grande. Em seis anos de obras, apenas 35,95% dos trabalhos de duplicação estão prontos no lote 25.
A expectativa para que os trabalhos ganhem um ritmo aceitável é grande. Em seis anos de obras, apenas 35,95% dos trabalhos de duplicação estão prontos no lote 25.

Capivari de Baixo

Os motoristas que utilizam a BR-101 devem ficar atentos para mais uma mudança no trânsito da rodovia. O consórcio Araguaia/Blokos/Emparsanco e a Setep, responsáveis pelas obras de duplicação no Lote 25, entre Laguna e Capivari de Baixo, liberaram o desvio nas proximidades do acesso à Capital Termelétrica.

A manobra visa retirar o tráfego da BR-101 para que seja possível levar adiante os trabalho de edificação do viaduto duplo de acesso a Capivari. O desvio tem cerca de 2,5 quilômetros de extensão e a pavimentação do trecho foi finalizada nesta sexta-feira.

A expectativa para que os trabalhos ganhem um ritmo aceitável é grande. Em seis anos de obras, apenas 35,95% dos trabalhos de duplicação estão prontos no lote 25.
Até julho deste ano, o governo federal repassou R$ 78.437.616,67 para o consórcio Araguaia/Blokos/Emparsanco. São necessários pelo menos mais R$ 44.299.910,49 para conclusão da obra.