A menina de 2 anos não respirava e estava inconsciente no colo da mãe.

Gravatal

A aflição de uma mãe estar com seu filho no colo em um momento de engasgamento e não saber de que forma proceder é traumática. E quando aparece alguém que lhe tira desta situação angustiante, esta pessoa transforma-se no anjo do bebê e da família.

Foi o que ocorreu na noite desta segunda-feira (20) na cidade de Gravatal, no bairro Pouso Alto, por volta das 19 horas. Ela telefonou para a Central de Operações do Corpo de Bombeiro Militar. A menina de 2 anos não respirava e estava inconsciente em seu colo.

O soldado Genovez usou todas as técnicas psicológicas, acalmou a mãe e a orientou passo a passo em como realizar a desobstrução. Ao mesmo tempo, acionava a ambulância para se deslocar o endereço.

Não há dúvidas de que a desenvoltura, o controle emocional e a capacidade técnica do soldado salvou a criança. Depois, a pequena foi levada para o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, e passa bem.

Foto: Somente ilustrativa