Braço do Norte soma, nesta quarta-feira (10), 161 casos de coronavírus. São dois registros a mais que nesta terça-feira. Na Cidade do Vale, os diagnósticos ocorrem por meio de testes de Laboratórios particulares, pelo Laboratório Central do Estado e testes rápidos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, nove pacientes estão com a doença e em isolamento domiciliar.

Em relação ao total de confirmados, conforme a Secretaria de Saúde, dois morreram e 150 estão curadores. Além disso, há 14 pacientes monitorados e dez suspeitos. Foram feitos 837 exames e destes, 666 descartados.

No último dia 4, o Brasil completou 100 dias desde que registrou o primeiro caso de coronavírus, confirmado pelo Ministério da Saúde no dia 26 de fevereiro. Neste período, a curva de crescimento de infectados e óbitos no país avança em níveis considerados assustadores. Assim, a situação preocupa a população e exige ações mais concretas, num momento em que o poder público começa a liberar gradualmente as atividades econômicas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou no dia 11 de março situação de pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). No início da doença, não existe diferença quanto aos sinais e sintomas de uma infecção pelo novo coronavírus em comparação com os demais vírus. Por isso, é importante ficar atento às áreas de transmissão local.

O Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto no final de 2019 após casos registrados na China. O número de casos registrados mobilizou organismos internacionais e a comunidade científica na busca por respostas sobre prevenção, transmissão e tratamento.