O corpo do empresário de BN, Rafael Boeing Silvano, 37 anos, será sepultado na manhã de hoje (19) na cidade. Devido às orientações da Vigilância Sanitária do Estado, não haverá velório. O corpo chega em Braço do Norte por volta das 10h30 e segue direto para o cemitério municipal.

“Vamos nos lembrar de você sempre desse jeito alegre, um amigo do coração, um pai de família trabalhador, uma pessoa do bem, um amigo de infância, um guerreiro que lutou muito pela vida. Muito obrigado pela amizade e pela oportunidade de convívio durante todos esses anos, vá em paz meu querido amigo, siga com sua alegria que Deus irá te receber e cuidar de sua família, e aqui nós, seus amigos lembraremos para sempre de você meu amigo Maradona”, lamentou o prefeito de Braço do Norte. Os dois eram muitos amigos.

Rafael era chamado por muitos de Maradona e uma pessoa muito conhecida e querida na cidade. Ele morreu de Covid-19 na noite deste sábado (18), por volta das 20h40, na UTI do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) em Tubarão.

Ele deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva do HSNC no dia 26 de março. A coleta de exame foi realizada e enviada ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) pelo município de origem do paciente.

Desde março, passou por complicações de saúde. Em um primeiro momento esteve internado no Hospital Santa Teresinha (HST), em Braço do Norte, e depois foi transferido para a UTI do HNSC.

Ele deixa esposa e um filho.