Colombo lançou ontem, junto com o comando geral da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o programa SOS Rodovias. O objetivo é eliminar os pontos críticos de todas as estradas catarinenses - Foto:Antônio Carlos Mafalda/Secom/Notisul
Colombo lançou ontem, junto com o comando geral da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o programa SOS Rodovias. O objetivo é eliminar os pontos críticos de todas as estradas catarinenses - Foto:Antônio Carlos Mafalda/Secom/Notisul

 

Orleans
 
As obras de revitalização dos 127 pontos considerados críticos nas rodovias catarinenses começam, efetivamente, na próxima semana. Ontem, o governador Raimundo Colombo (PSD) lançou o programa SOS Rodovias e entregou as primeiras ordens de serviços. 
 
Os trabalhos visam melhorar a malha viária nestes locais que, juntos, contabilizam 70% de todos os acidentes ocorridos nos últimos dez anos nas rodovias catarinenses.
 
O projeto de remodelagem viária foi feito a partir de um levantamento efetuado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Cada ponto receberá uma obra diferente, em conformidade com o necessário para tornar a estrada mais segura.
 
Nesta primeira etapa, serão efetuadas obras em 17 lotes. O investimento será de R$ 4 milhões. “Estes primeiros 17 pontos são curvas e entradas e saídas de pontes, entre outras situações, que tornam os trajetos perigosos para motoristas e pedestres”, resumiu Colombo.
 
O programa SOS Rodovias tem caráter permanente, justamente para que o estudo da engenharia viária catarinense acompanhe o crescimento econômico do estado.
Na região, será contemplado o trecho da SC-438, que liga Tubarão ao Vale do Braço do Norte. Contudo, nesta primeira fase, o único trecho incluso é em Orleans (SC-446).