Dona Custódia recebeu as chaves de sua casa nova das mãos da secretária de assistência social da prefeitura, Marilene Duarte Cardoso. Hoje, o déficit habitacional de Capivari é de 319 residências. Novos investimentos são previstos para este ano.
Dona Custódia recebeu as chaves de sua casa nova das mãos da secretária de assistência social da prefeitura, Marilene Duarte Cardoso. Hoje, o déficit habitacional de Capivari é de 319 residências. Novos investimentos são previstos para este ano.

Capivari de Baixo

O déficit habitacional na Grande Tubarão é, hoje, de 6.443 residências. O dado é do Censo 2010, do IBGE. Suprir esta necessidade não é fácil, mas, aos poucos, várias cidades da região investem o que podem para baixar esta carência.
Em Capivari de Baixo, por exemplo, o déficit habitacional é de 319 casas. “Temos centenas de famílias inscritas para receber uma nova casa. Visitamos todos e conhecemos a realidade de cada um. Aos poucos, iremos atender a todos”, sublinha a secretária de assistência social da prefeitura, Marilene Duarte Cardoso, a Dadá.

Ontem, mais uma família saiu da lista do programa de habitação da secretaria. A aposentada Custódia Balduíno recebeu as chaves da sua casa própria das mãos da gestora Dadá e do prefeito Luiz Carlos Brunel Alves (PMDB). “É um momento muito feliz para mim. Agora, tenho um lar de verdade. Não há palavras para agradecer”, expressa a aposentada.
Em Orleans, a prefeitura também investe na construção de moradias populares. A deficiência no município é de 400 residências. Nos últimos meses, foram entregues três casas no Distrito de Pindotiba, cinco no bairro Alto Paraná e uma no bairro Rio Belo.

Além disso, também há investimento em reformas e melhorias de casas no bairro São Gerônimo. Paralelamente, outras dez residências estão em construção no bairro João Paulo 2º e serão entregues até o fim desde ano.
“Vamos continuar a investir forte nesta área. Nosso objetivo neste momento é adquirir, nos próximos meses, uma área de terra e fazer um novo conjunto habitacional”, antecipa, orgulhoso, o prefeito Jacinto Redivo, o Tinto (PP).