A quarta-feira, 15, foi movimentada nos bastidores políticos. O deputado Federal Jorge Boeira foi citado em uma reportagem, sendo acusado de infidelidade partidária. Em suas redes sociais, o parlamentar rebateu a acusação e reforçou seu compromisso com a população.

Em sua fala, o deputado diz que: “fui citado como deputado que não vota de acordo com as orientações da cúpula do partido. Este dado demonstra que minha atuação como Deputado Federal segue minha consciência que tem como alicerce aquilo que ouço nas bases da sociedade. Não irei votar contra aqueles que represento apenas para cumprir acordos fechados pelo partido com um governo comprovadamente corrupto e que governa prejudicando aqueles que mais precisam do Estado brasileiro. Seguirei desta forma, mesmo sofrendo retaliações e abrindo mão de possíveis benefícios, pois acredito que as vontades da direção nacional do meu partido não estão de acordo com as vontades da maioria do povo catarinense e brasileiro.”

Entenda a polêmica
O deputado foi citado na Revista Veja em um ranking dos políticos brasileiros que mais descumprem a orientação partidária, Boeira aparece em 1° lugar por não ir de acordo com os interesses do Partido Progressista em 52% dos casos.