Paulo César Alves e Alexsandro Carlos Dias ajudam dependentes químicos a se recuperarem
Paulo César Alves e Alexsandro Carlos Dias ajudam dependentes químicos a se recuperarem

 

Karen Novochadlo
Capivari de Baixo
 
 
Os voluntários Paulo César Alves, 35 anos, e Alexsandro Carlos Dias, 36, conhecem as dificuldades que ex-dependentes químicos enfrentam diariamente na recuperação e o ocorre após este período conturbado. Os dois também foram dependentes. Hoje, administram a organização não-governamental (ONG) Vivendo Sem Drogas, que auxilia na recuperação de ex-usuários. 
 
A ONG auxilia as ações de clínicas e do Desafio Jovem de várias cidades. O trabalho é feito através de doações de cestas de básicas e kits de higiene. Também são feitas visitas aos internos. “Muitos dependentes sentem-se abandonados pela família e sem perspectiva”, expõe Paulo César. 
 
Com apoio da Assembleia de Deus, também é feito um trabalho de acompanhamento espiritual com as famílias. “Os dependentes estão desacreditados e muitos parentes perderam a confiança. Se não tiverem o apoio, depois da recuperação voltam ao vício”, alerta Paulo César. 
 
Também existe uma casa para abrigar quem abandonou o vício e busca a recuperação. Em quatro meses de existência, a ONG já ajudou quatro pessoas a conseguirem internação. “Tentamos negociar com a clínica um preço melhor para o dependente e conseguir o tratamento”, explica Alexsandro. “Nós não temos ajuda do governo. Vivemos através de doações e da venda de adesivos da ONG”, revela Paulo César. 
Hoje, seis pessoas trabalham na ONG. 
 
Serviço
Mais informações: 3623-5031, 9602-3126 e www.vivendosemdrogas.com.br.