Mesmo proibidos pela legislação no país, muitos brasileiros mantém a prática das apostas. Seja online ou visitando lugares onde os cassinos são permitidos, como Punta Del Este no Uruguai, em Portugal ou na famosa Las Vegas, nos Estados Unidos. 

Mas pouco se fala dos benefícios desses estabelecimentos para a população, e não se limitam em apenas valores financeiros e econômicos para uma sociedade. Isso porque são importantes também para a cultura e a prática do lazer e entretenimento.

Apesar da proibição no Brasil vir desde os anos 1940, muita coisa mudou até a atualidade e com o surgimento dos cassinos online, a visão das pessoas para os jogos também teve muita mudança. 

 

Benefícios dos cassinos para a sociedade

Sempre que a legalização dos cassinos é colocada em pauta, existem dois lados considerando-se os aspectos econômicos: um lado argumenta que a abertura de cassinos irá gerar empregos, aumentando a média salarial, além da arrecadação de impostos. O outro lado argumenta que as violações da lei e o vício no jogo que pode causar na população superam os potenciais benefícios.

A realidade é que, se acaso a liberação ocorrer, os empregos serão maiores, assim como os direitos empregatícios. Aumentando a mão de obra, gera-se renda e arrecadação de impostos para o governo. Um estudo realizado nos Estados Unidos comprovou um aumento nos números da população empregada nos condados em que os cassinos eram liberados, além desses lugares possuírem maior faixa salarial.

Além disso, estima-se que a liberação dos cassinos movimentará mais o turismo. Como os brasileiros costumam viajar para visitar os locais onde cassinos são liberados, além de não precisarem se deslocar para isso, os turistas também serão atraídos para o nosso país.  

Os cassinos podem contribuir com a cultura nacional 

Os benefícios não param apenas no aspecto econômico. Os cassinos costumam incentivar muito a cultura, trazendo sempre apresentações culturais, de bandas e músicos famosos. 

Em Las Vegas, os shows costumam ficar em cartaz nos cassinos por meses. Estes possuem infraestrutura que chama atenção, com diversos auditórios, salões e ambientes para apresentações culturais.

Vistos erroneamente por serem lugares que apenas querem tirar dinheiro dos visitantes, muitos se preocupam com o vício que os cassinos podem causar. Mas estudos afirmam que cerca de 70% dos viciados em jogos tem outro tipo de vício, como álcool ou drogas. 

A regulamentação americana, por exemplo, exige que as casas destinem 1% da receita para o apoio aos jogadores compulsivos, além dos mesmos serem banidos dos cassinos para que não voltem a jogar. 

A alternativa dos cassinos online

Enquanto a liberação dos cassinos presenciais não chega, os brasileiros que não têm a opção de visitar as casas de outros países, se contentam fazendo suas apostas online. Felizmente, temos inúmeras opções de websites, com opções de se testar gratuitamente antes de realmente fazer suas apostas. 

Os jogos variam de roleta, caça-níqueis, blackjack e mais muitos jogos, além de existirem websites com avaliações de cassinos online disponíveis, para o jogador levar em consideração antes de apostar. 

Como o governo não segura os jogadores de cassino, é ideal ver a avaliação do site desejado antes de começar a jogar. Os mais indicados são encontrados na plataforma www.onlinecasinosportugal.pt, que reúne os melhores cassinos online portugueses. 

Por enquanto, os brasileiros não têm previsão, tampouco certeza, de que os cassinos serão permitidos no país, mesmo que se apresentem vários benefícios à população.

Fontes: Paraná Portal e Diário do Turismo.