A prefeitura de Capivari de Baixo emitiu o novo decreto e vai acatar todas as recomendações do Comitê Extraordinário Regional de acompanhamento Covid-19 (CER). Depois de 9 dias funcionando apenas com os serviços essenciais, as atividades comerciais e religiosas voltaram a funcionar. O decreto vale pelos próximos 14 dias a partir deste sábado.

O decreto mantém a proibição de aglomeração  de pessoas em qualquer ambiente, seja público ou privado, interno ou externo, para a realização de atividades de qualquer natureza, como festas em residências com pessoas, que não as residentes do domicílio, com intuito de evitar aglomerações e manter o isolamento social.

Fica permitido o funcionamento do comércio de segunda a sexta-feira até às 18 horas., sábados das 7 horas às 12 horas. Não está permitido a realização de eventos como “Dia D”. O comércio deverá ficar fechado aos domingos e feriados

Também fica permitido atendimento em restaurantes, lanchonetes, pizzarias, churrascarias e conveniências até as 18 horas, sem serviço de rodízios. Entre 18 horas e 22 horas é permito serviços a la carte.

Em qualquer horário de atendimento a capacidade de número de clientes presenciais está limitada a 50% da quantidade permitida. Deve ser mantido o distanciamento de 1,5 metro entre clientes, exceto se tratar de pais e filhos ou casal.

Após às 22 horas será permitido apenas serviço de telentrega e retirada no balcão, incluindo finais de semana.

Food trucks/ambulantes que vendem cachorro-quente, por exemplo, só poderão oferecer serviço de telentrega e retirada no balcão.

Bares e similares só poderão atender de segunda a sexta-feira até às 18 horas. Domingos e feriados não pode abrir. Fica vedada qualquer prática de jogos nas dependências do estabelecimento.

Fica permitido a realização de cultos e atividades religiosas presenciais, de segunda a domingo até as 20 horas, com ocupação de 30% da capacidade total instalada, desde que todos os participantes utilizem máscaras (inclusive os coordenadores do evento religioso), não utilizem música ao vivo, não haja compartilhamento de microfones e respeitadas todas as demais regras de condutas contida em protocolos específicos para essa atividade, inclusive a distância mínima de 1,5 metros entre cada participante.