#Pracegover Foto: na imagem há um rua calçada, muros e postes com baixa iluminação
#Pracegover Foto: na imagem há um rua calçada, muros e postes com baixa iluminação

A qualidade da iluminação pública em algumas ruas de Capivari de Baixo, tem ganhado repercussão negativa. Recentemente moradores do bairro Santo André, têm reclamado da nova iluminação de Led. A iluminação naquela região começou a passar por mudanças há duas semanas.

De acordo com os residentes a iluminação é mais fraca que a anterior. Um residente daquele bairro entrou em contato com a equipe de redação do Portal Notisul e destacou que pesquisou sobre as normas para a instalação de luminárias públicas. “Estas estão completamente fora do padrão ABNT.NBR 5101. Conforme a normativa, as lâmpadas devem emitir luz no mínimo entre 20 e 30 Lux, pelo menos 200 whats de potência com 120º de alcance e para postes de 10 metros de altura e distância de 60 metros entre eles”, explicou.

No entanto, segundo o morador, as lâmpadas instaladas são para passeios de praças. São de 50 whats, 15 Lux, 80º de alcance, com altura de 5 metros de distância e de 30 metros entre elas. Não sei se foi erro da engenharia ou desconhecimento da prefeitura”, observou.

De acordo com representantes do setor de licitação da prefeitura, o objetivo da troca das lâmpadas antigas pelas de LED, é que estas possuem mais quantidade de luz, consumindo até 75% menos energia. “O intuito da prefeitura sempre foi realizar obras e serviços que visem trazer melhorias para seus moradores. Causa estranheza a reclamação enviada por duas vezes a este jornal, pois não tivemos quaisquer reclamações enviadas a ouvidoria, ou outro órgão da prefeitura. De qualquer forma, a prefeitura está verificando junto a empresa a melhor forma de resolver a situação junto a este bairro, obedecendo aos padrões estabelecidos pelas normas vigentes e Celesc. Assim, será verificada a situação de algumas ruas do bairro Santo André e, será efetuada a troca por lâmpadas de LED de maio potência de luminosidade”, pontuou.

Segundo um morador, a iluminação anterior não era das melhores, porém havia mais segurança. “Tememos pela integridade dos habitantes. Com a qualidade dessas lâmpadas a possibilidade de violência sexual ou doméstica, por exemplo, tornam-se maiores”, destacou.

Conforme uma residente, desde a última semana, as luzes da frente das casas acesas são usadas para iluminar as ruas. “Tenho muito medo de acidentes, de furtos e roubos e ainda, de outras violências que podem ser sofridas pelas pessoas, pela falta de uma boa iluminação pública. Com uma iluminação baixa, os animais peçonhentos também estão mais propícios de atacar os transeuntes”, observou.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul