Em Maravilha, Oeste Catarinense, a ONG Ame Bicho recebeu uma denúncia de que havia um cachorro decaptado. Ele foi encontrado pelos moradores do bairro Floresta e de acordo com a ONG o cão tinha marcas de queimaduras.

“Tudo indica que ele foi queimado vivo. Nosso psicológico não suporta ver tantos casos de maus-tratos todos os dias. Até quando vai continuar esse descaso?”.

As integrantes da ONG chamaram a Polícia Militar e registraram um boletim de ocorrência. Imagens de uma câmera de segurança devem ser utilizadas para tentar descobrir o autor do crime. A pena para maus-tratos a animais é de três meses a um ano de prisão e multa. Em caso de morte do animal, a punição pode ser aumentada de um sexto a um terço.

Entretanto, por ter pena baixa, o crime não recebe como regra a privação de liberdade. São impostas penas alternativas, como por exemplo: multa, prestação de serviços à comunidade, dentre outras.