Efetivação do Centro de Zoonoses deve ocorrer em 2011. Por ora, apenas algumas baias foram construídas.
Efetivação do Centro de Zoonoses deve ocorrer em 2011. Por ora, apenas algumas baias foram construídas.

Zahyra Mattar
Tubarão

Desde setembro, é aguardada a atualização do projeto que culminará na efetiva instalação do Centro de Controle de Zoonoses de Tubarão. A boa notícia é que o documento está pronto e deverá ser encaminhado hoje para início do processo licitatório.

O projeto físico existe desde março do ano passado. Mas havia necessidade de readequar a parte estrutural ao local onde o centro será edificado, anexo ao horto municipal, no bairro Monte Castelo, levantar custos e orçamento para a construção de mais uma baia coletiva e do prédio administrativo que abrangerá a área clínica do espaço.

Com isso, é possível que o centro de zoonoses passe a funcionar no primeiro semestre do próximo ano. Paralelamente a isso, ontem pela manhã o presidente da ONG Movimenta-Cão, Francisco Beltrame, reuniu-se com o secretário de saúde da prefeitura, Roger Augusto Vieira e Silva, para tratar da renovação e ampliação do convênio entre a entidade voluntária e o executivo.

A ampliação do convênio visa estender o trabalho da entidade também aos cães de rua e do horto, além daqueles com os cuidadores, especialmente com cirurgia de castração, a fim de que a população não aumente. Além disso, a ONG recebe vários chamados para atender casos emergenciais, como atropelamentos, por exemplo, mas não há recursos para este tipo de trabalho.