Um bebê de nove meses foi retirado de uma residência com condições insalubre, em Camboriú. O Conselho Tutelar pediu apoio para a Polícia Militar para verificar uma denúncia na noite de quarta-feira (24). O apartamento fica localizado no Centro da cidade.

Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) foi chamada para dar apoio para os conselheiros, pois os pais da criança eram acumuladores e estavam guardando uma grande quantidade de lixo. O cheiro forte chamou a atenção dos vizinhos.

A denúncia foi confirmada, constatando o ambiente insalubre, que pode trazer risco a todos, sobretudo para a criança. Parentes próximos ficaram responsáveis pelo bebê. A Vigilância Sanitária esteve no apartamento e as medidas serão tomadas.