Tubarão

 

Um novo modelo de caixas padrão para hidrômetros será sancionado em Tubarão. Este modelo facilitará a leitura e o trabalho dos funcionários do Águas de Tubarão, que não precisarão entrar nas propriedades. 
 
A caixa também evitará prejuízos, como quebra do medidor, e também desperdícios. Esta mudança faz parte do Programa de Redução de Perdas, que prevê a instalação e substituição gradual dos medidores.
 
Em 2005, quando o Águas de Tubarão assumiu o sistema, existiam 23,6 mil ligações de água, 20 mil delas com hidrômetros e 3,6 mil sem. “Os consumidores de residências sem medidor pagavam tarifa mínima. Não havia controle da água que estava sendo utilizada, o que gerava um desperdício de aproximadamente 52%”, lembra o superintendente técnico da AGR, engenheiro Marcelo Fernandes Matos. Hoje, são 27,1 mil ligações de água – 26,8 mil com hidrômetros e 237 sem hidrômetros. 
 
Em caso de dúvida, o usuário deve procurar o setor comercial para receber as devidas orientações ou ligar para o telefone 3632-9596.