O governo brasileiro decidiu fechar as fronteiras com países da América do Sul em razão da epidemia do novo coronavírus. A restrição ocorre nas fronteiras terrestres e vale por 15 dias, podendo ser prorrogada. A medida vale para estrangeiros que tentem entrar em território nacional.

 

Brasileiros ou estrangeiros com cidadania continuam tendo acesso ao país. A decisão vale para Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana, Guiana Francesa, Paraguai, Peru. A fronteira com a Venezuela já estava fechada, e Chile e Equador não fazem fronteira com o Brasil.

No caso do Uruguai, de acordo com portaria assinada pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, da Casa Civil, Walter Braga Neto, e da Saúde, Luís Henrique Mandetta, haverá uma norma específica. O tráfego de produtos e alimentos será mantido, assim como ajuda humanitária.

Ainda não existem restrições para entrada no país por via aérea.