Será neste sábado (21) a missa de 7º dia em intenção pela alma de Gilmar Lemes da Silva, de 35 anos de idade, que morreu vítima de um acidente de trânsito ocorrido no último sábado (14) na BR-381, no município de Itatiaiuçu, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. A missa será celebrada às 19h, na Paróquia Nosso Senhor do Bonfim, em Braço do Norte.

O caminhão que Gilmar conduzia colidiu com outro caminhão na rodovia. O motorista catarinense veio a óbito no local. No início desta semana os restos mortais do homem foram encaminhados para Belo Horizonte, no município será feito o DNA para o reconhecimento do corpo. Dois irmãos de Gilmar foram para o Estado para acompanhar os procedimentos.

Conforme Edoir Schmoeller, proprietário da Transportes Schmoeller, empresa que Gilmar trabalhava, os irmãos de seu ex-funcionário foram para à capital mineira na última terça-feira (17), para realizarem o exame de DNA que deverá ter o seu resultado em oito dias. “No entanto, há a possibilidade  de o exame de DNA ter o seu resultado em 90 dias. A família contava que poderia fazer o sepultamento em breve, mas tem que seguir aguardando”, lamenta.

O caminhoneiro trabalhava há cinco anos na Transportes Schmoeller, de Braço do Norte. Ele deixa esposa e dois filhos. Gilmar e um colega de trabalho saíram de Brusque, no Norte de Santa Catarina, na sexta-feira (13), com dois caminhões carregados com tecido.

A carga seria entregue em Pernambuco. Em Itatiaiuçu, Gilmar parou em um posto de gasolina para fazer a troca de uma lâmpada. O colega de trabalho também parou no mesmo local. Após o reparo eles seguiram viagem e, minutos depois, a colisão, contra outro caminhão, carregando de carvão, ocorreu.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul