Bertoldo Weber
Braço do Norte

Com o objetivo de desenvolver competências empreendedoras dentro das propriedades rurais, preparar líderes para ações sociais, políticas e econômicas sustentáveis no agronegócio, além de aumentar a qualidade de vida, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) iniciou ontem, em Braço do Norte, o curso de empreendedorismo rural.

O curso, que faz parte do Programa Empreendedor Rural, é em parceria com a Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc) e o Sindicato Rural de Braço do Norte. Segundo o coordenador do programa, Emerson Gava, o projeto beneficia sete cidades do estado (Braço do Norte, Concórdia, Papanduva, Agua Doce, Rio do Oeste e São Miguel Oeste).

Um total de 25 pessoas farão o curso, com duração de quatro meses e 136 horas. “Os participantes terão a oportunidade de adquirir novos conhecimentos e aplicar nas propriedades. Cada um irá elaborar um projeto individual baseado na realidade da propriedade”, enfatiza Emerson.
Além disso, ressaltou o vice-presidente do sindicato, Edemar Della Giustina, todos os participantes possuem o segundo grau completo.

“Cada vez mais o conhecimento é necessário, inclusive, para quem administra uma propriedade rural”, detalhou.
Para o presidente da entidade, Vilibaldo Michels, é uma oportunidade às pessoas, as quais possuem espírito empreendedor. “É preciso registrar que houve inscrições e foi feita a pré-seleção”, detacou.
A aula inaugural teve o objetivo de integrar a turma através da apresentação, tanto dos alunos quanto dos palestrantes e instrutores.

“A partir da segunda aula, o curso será das 8 às 18 horas e serão abordados temas como gestão ambiental; desenvolvimento de competências pessoais; orçamento e fluxo de caixa; matemática financeira e análise de investimento, além de informações que possam contribuir na aprendizagem. Ao término, os participantes receberão certificado de conclusão de curso”, informou a secretária executiva do sindicato, Marli Uliano Meurer.

Ministraram o curso os instrutores Ives José Pizzolatti e Lorival Zanluchi. Participaram da aula inaugural presidentes de sindicatos da região, representante do Banco do Brasil, da Previdência Social, da Faesc, do Senar, Epagri, Cidasc, o presidente da Cerbranorte, Evanísio Uliano, e o secretário de desenvolvimento regional, Gelson Luiz Padilha (PSDB).