O bancário aposentado do Banco do Brasil, Romeu Junkes Volpato, de Braço do Norte, faleceu, nesta terça (20), à noite, vítima de complicações decorrentes de uma encefalite aguda. A informação foi confirmada por um dos filhos, Rômulo Volpato.

A encefalite é a inflamação do parênquima do encéfalo, decorrente de invasão viral direta. A encefalomielite disseminada aguda é a inflamação do encéfalo e da medula espinal causada por reação de hipersensibilidade a um vírus ou outra proteína estranha. Ambas as doenças geralmente são desencadeadas por vírus. Os sintomas são febre, cefaleia e estado mental alterado, muitas vezes acompanhado por crises epilépticas ou deficits neurológicos focais. O diagnóstico requer análise do líquor e exames de imagem neurológica. O tratamento é de suporte e, em certos casos, com antivirais.

O idoso de 68 anos, estava internado há 26 dias, no Hospital Baía Sul, em Florianópolis. Conforme o filho, Romeu antes de apresentar indisposição estava muito bem e não se queixava de dores.

Ele deixa esposa, três filhos e quatro netos. O velório ocorre na Funerária Previve, em Braço do Norte. Não há informações sobre o sepultamento.

Devido à pandemia do novo coronavírus velar ente querido deverá ocorrer de forma consciente e com número reduzido de pessoas, conforme a determinação estadual. Os funerais devem ser realizados com familiares diretos e amigos próximos somente no dia do sepultamento. Os ambientes deverão ser ventilados e se recomenda a suspensão de cultos ecumênicos e cortejos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul