Zahyra Mattar
Laguna

Está agendado para a próxima semana o início da recuperação completa de um trecho da pista antiga da BR-101, em Laguna. Fica entre o quilômetro 315, na comunidade de Bentos, e o quilômetro 317, na localidade de Laranjeiras. O local é um dos pontos não contratados na primeira etapa de duplicação do sul da BR-101 e diz respeito a aproximadamente quatro quilômetros de pista antes e outros quatro depois da ponte de Cabeçudas.

Conforme o superintendente sul do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit), engenheiro Avani Aguiar de Sá, a duplicação neste ponto está inclusa no lote da travessia do canal de Laranjeiras, cuja licitação deverá ser lançada no começo do próximo ano. O projeto da nova ponte esteiada está pronto e o Ibama já expediu a licença ambiental prévia à obra, conforme o Notisul adiantou na edição de terça-feira.

Até lá, trabalhos como o previsto para a próxima semana serão feitos pontualmente. A reforma do trecho compreenderá a colocação de uma nova camada asfáltica nas faixas de rolamento e, nos acostamentos, placas pintura. Com a conclusão da ponte, prevista para 2011, esta parte da BR-101 servirá para o trânsito local.

Caso haja necessidade, o trânsito será interrompido no local. A conclusão da obra está prevista para o início de dezembro, mas a execução está sujeita às condições do tempo. Assim como em Laguna, existem outros trechos pequenos em recuperação. A atenção deverá ser redobrada especialmente nos desvios no município de Maracajá, no acesso principal a Tubarão, e no trevo do Mirim, em Imbituba.

Interrupção do trânsito hoje

O trânsito de veículos na BR-101 será bloqueado hoje, das 12 às 14 horas, em três pontos:
• Em Paulo Lopes (quilômetro 259 – ponte sobre o Rio Cova Triste);
• Em Capivari de Baixo (quilômetro 329 – Morro da Tractebel);
• Em Sombrio (quilômetro 439 – posto de combustíveis Furnas).
Os bloqueios serão necessários para a detonação de rochas. A Polícia Rodoviária Federal fará o monitoramento do tráfego. Em caso de mau tempo, as interrupções serão canceladas.