Durante um café com com jornalistas na manhã desta sexta-feira em Brasília, o Presidente Bolsonaro (PSL), anunciou que não haverá Horário de Verão neste ano. 

A decisão está sendo baseada após um estudo realizado pelo Ministério de Minas e Energia. O Horário de Verão foi adotado pela primeira no Brasil em 1931 e está em vigor, sem interrupção, há 35 anos.

Mas na avaliação do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, a medida não se faz mais necessária. “ Os estudos estão praticamente encerrados”, garantiu. Segundo ele, a avaliação não será isolada apenas pela questão da economia com o fato de alguns estados brasileiros adiantarem o relógio em uma hora. Os valores da economia costumam ser pouco expressivos. 

Embora o anúncio tenha sido feito pelo chefe de Estado, ainda não há nada oficialmente registrado pelo Planalto.