#Pracegover foto: na imagem há um homem com camisa clara
#Pracegover foto: na imagem há um homem com camisa clara

O presidente Jair Bolsonaro criticou na manhã desta segunda-feira (8) a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de suspender a execução das emendas do relator conhecidas como “orçamento secreto”. Na decisão, a magistrada atendeu ao pedido de dois partidos políticos que alegam que a verba está sendo repassada sem critérios claros e sem que seja realizada ampla publicidade.

“É uma atrás da outra, né? A mesma Rosa Weber, há pouco tempo eu decidi zerar o imposto de importação de armas, ela achou que isso era injusto. Acho que é um excesso de interferência do Judiciário no Executivo. Há um excesso. O Supremo age demais nessas questões”, disse Bolsonaro em entrevista à Jovem Pan de Curitiba.

O presidente também disse que “lamenta” a decisão da ministra de suspender a execução das emendas. Bolsonaro falou que, na sua maneira de entender, algumas decisões “atrapalham” o bom andamento dos poderes.

“A gente lamenta isso aí. Não é, no meu entender, o papel do Supremo. Os Três Poderes têm que ser respeitados, mas eu acho que a decisão de alguns atrapalha o andamento da nação”, afirmou.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Correio do Povo