#Pracegover Foto: na imagem há u homem de terno e uma bandeira
#Pracegover Foto: na imagem há u homem de terno e uma bandeira

O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento em rede nacional nesta terça-feira (23), onde pontuou as ações do governo Federal no combate à pandemia. Ele afirmou que até o final de 2021 haverá alcançado mais de 500 milhões de doses de vacina e desta forma, todos os brasileiros serão vacinados.

Segundo o chefe do poder Executivo, em julho do ano passado foi assinado um acordo com a universidade de Oxford para produção, na Fiocruz, de 100 milhões de doses da vacina AstraZeneca, setembro de 2020, outro acordo,  desta vez com o consórcio Covax Facility, para produção de 42 milhões de doses. O 1º lote chegou no domingo passado e já foi distribuído para os Estados.

Ele destacou que em dezembro, o governo liberou mais R$ 20 bilhões, o que possibilitou a aquisição da Coronavac, por meio de acordo com o Instituto Butantan. Neste mês, conforme o chefe do poder Executivo, ele negociou pessoalmente junto à fabricante Pfizer, para antecipação de 100 milhões de doses que serão entregues até setembro de 2021 e por fim, a Janssen, garantiu 38 milhões de doses para este ano.

No discurso desta terça, Bolsonaro disse que sempre foi a favor das vacinas e que  fez tudo para combater a pandemia. Ele se solidarizou com as famílias das vítimas e, numa mudança radical de tom, defendeu a vacinação em massa.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul