A balneabilidade no litoral catarinense teve uma leva piora em relação ao relatório anterior do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). O estado agora tem 182 locais recomendados para o mergulho, o que representa 79,4%, segundo a lista divulgada nesta sexta-feira (20). Em Florianópolis, 67 dos 85 pontos estão próprios para banho. No restante do litoral, são 115 de 144. O relatório pode ser visto no site do IMA.

No Sul, a Lagoa dos Esteves não está recomendada para o banho em Balneário Rincão. Bombinhas, no Litoral Norte, voltou a ter um ponto impróprio, na Praia de Bombas. Na mesma região, há um ponto impróprio na Praia de Navegantes. A boa notícia vai para Penha, que tem mais dois pontos próprios para banho.

Na Grande Florianópolis, a Praia da Gamboa deve ser evitada em Governador Celso Ramos. Em Palhoça, há mais um ponto impróprio, na Praia de Fora.

Na capital, o ponto do riozinho deve ser evitado na Praia do Campeche, além de dois pontos na Lagoa da Conceição e um em Canasvieiras. Em compensação, a Praia dos Ingleses está totalmente própria para banho.

O IMA orientou que os banhistas consultem o relatório no site porque as placas nas praias podem sofrer vandalismo ou ser removidas.

As coletas foram nas praias em Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Porto Belo e São José.