Duas baixas no Governo Bolsonaro. Nesta segunda-feira (29), o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pediu demissão do cargo que ocupava há mais de dois anos. Além dele, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva também deixou a função.

Ernesto há meses não tem sido visto com bons olhos por políticos do Centrão. Eles Não são favoráveis com a forma que o agora ex-ministro comanda a pasta. Pela manhã, o ex-ministro foi pessoalmente avisar da sua decisão ao presidente.  O estopim para a saída ‘forçada’ de Ernesto foi a realização de novos ataques ao Senado no fim de semana.

Já o ministro da Defesa foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro. O desligamento do general faz parte de uma reforma ministerial, que é promovida pelo Governo Federal.  Com as mudanças, o general Walter Braga Netto da Casa Civil deverá ir para a Defesa e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, passará a comandar a Casa Civil.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul