O lagunense Thiago Santiago, 54 anos, ator e contador de histórias, morreu na noite de quarta-feira (6), vítima de câncer.

De grande criatividade, se destacou por mais de 30 anos, nos palcos em diversas montagens teatrais, principalmente do Grupo Gemt, onde foi diretor por quase duas décadas.

Dos mais variados personagens que deu vida, Téspis, contador de história infantil que animava crianças, foi seu destaque. Chegou a ser mestre-sala da escola de samba Os Democratas e ainda colunista em jornais da cidade.

Foi dele a ideia da criação do troféu O Pyrilampo, para valorizar valores da terra de Anita. O dramaturgo é velado na Casa Funerária Gomsan,e deve ser sepultado às 17h, desta quinta-feira (7), no cemitério municipal da Glória.