Amanda Menger
Tubarão

O setor de engenharia da secretaria de segurança e trânsito da prefeitura estudará mudanças nas vagas de carga e descarga no centro de Tubarão. A intenção é criar novas vagas para veículo menores, para utilitários de dois ou três toneladas. Hoje, as áreas destinadas permitem apenas o estacionamento de veículos entre dois e meio e cinco toneladas.

O objetivo é resolver problemas como o enfrentado por Marcia Rocha. Terça-feira, ela, que trabalha com persianas, cortinas e decoração, foi entregar um produto para um cliente e deixou o carro, um Ford EcoSport, em uma vaga de carga e descarga, na rua Padre Bernardo Freuser, em frente à Escola Técnica de Comércio de Tubarão (ETCT). “Eu tinha créditos no botton e deixei o carro. Fiquei cinco minutos fora e, quando voltei, tinha uma notificação da Área Azul. A justificativa é que o meu carro não poderia estar estacionado naquela vaga. Porém, a documentação do carro diz que ele é um utilitário. Mesmo assim, no escritório da Área Azul, disseram que a orientadora estava correta”, reclama Marcia.

Em contato com a Área Azul, a explicação é que a lei municipal permite apenas o estacionamento de veículos entre 2,5 e cinco toneladas. “Como a Área Azul é um estacionamento regulamentado, o que vale é a lei municipal, e não há vagas para veículos menores. Como esse questionamento não tinha sido feito ainda, não tínhamos nos dado conta da necessidade de criar outras vagas, vamos estudar em que pontos elas poderão ser criadas”, compromete-se o secretário de segurança e trânsito, João Batista de Andrade.