Tubarão

Uma entrevista de emprego, hoje, em Tubarão, pode ser o final feliz para a tubaronense Amanda Prudêncio Motta, 25, mãe de três filhos, que até ontem pedia emprego nas ruas com receio de perder a guarda dos filhos, um menino de 3 anos e duas meninas de 4 e 7 anos.

Após o apelo emocionado, a mulher conta que recebeu dezenas de oportunidades, principalmente para faxina, mas optou pela oferta da Beckhauser, onde pretende trabalhar com carteira assinada como auxiliar de limpeza, das 8 às 17 horas.

"Depois que eu dei a entrevista, a dona lá me ligou. A minha história foi tão compartilhada, que muita gente me ajudou com coisas para as crianças, cesta básica. Hoje, que foi mais fraco, atendi umas 15 ou 20 ligações", conta a moradora do bairro São João, Margem Esquerda.