#Pracegover foto: na imagem há uma mulher e um jovem
#Pracegover foto: na imagem há uma mulher e um jovem

Lucas tem 13 anos e é aluno da APAE de Tubarão. Ele é portador de paralisia cerebral e desde os oito meses de vida tem como sua segunda casa a Entidade. “A APAE é a segunda casa do Lucas, é inexplicável todo o carinho e a atenção que ele recebe de todos que trabalham lá” revela a mãe Tatiana. Ao receber a notícia de que Lucas foi uma das crianças selecionadas para participar da ação social, a família não conteve a emoção. “A consulta chegou no momento certo. Já estava na hora de levá-lo em um oftalmologista mas por conta dos custos estávamos esperando a situação financeira melhorar um pouco”, conta Tatiana.

Assim como Lucas, outros 14 estudantes foram selecionados para participarem da ação. Todos foram examinados de forma gratuita pela oftalmologista Fernanda Miranda, que fechou a agenda de um dia inteiro no consultório somente para atendê-los. “Quando recebi o convite para participar da ação fiquei extremamente emocionada e feliz em poder colaborar. São pessoas que precisam de um atendimento diferenciado, cada um com suas limitações e dessa forma, além de utilizarmos técnicas diferentes, a atenção e o cuidado precisam ser redobrados”, revela a oftalmologista.

A ação faz parte das comemorações dos 60 anos da Joalheria e Ótica Alcidino. A empresa teve seu início em 1961 em Santa Rosa do Sul e hoje conta com cinco lojas nas cidades de Araranguá, Criciúma, Sombrio e Tubarão. As armações foram doadas pela unidade de Tubarão, já as lentes foram doadas pelo laboratório REPRO/Essilor, que ao ser procurado, prontamente atendeu o pedido. “Ficamos muito honrados com a oportunidade de fazer parte dessa ação especial, fortalece ainda mais nossa missão de melhorar vidas através da visão”, diz Stefane Calliari, Diretora Executiva da REPRO/Essilor.

“Poder doar essas armações é tão gratificante que não temos palavras para agradecer a todos os parceiros envolvidos nesta ação para a APAE de Tubarão. Esperamos do fundo do coração que essa atitude possa incentivar outras pessoas a ajudarem a instituição”, diz Eliane Fernandes, Proprietária da Alcidino de Tubarão.

Hoje a APAE conta com 522 alunos e possui diversos programas dentro da instituição, como por exemplo, serviço pedagógico, atendimento educacional especializado, oficinas, brinquedoteca, acompanhamento psicológico, fisioterapia, hidroterapia, entre muitas outras atividades todas realizadas de forma gratuita. Para a presidente da instituição, Leila Saleh Goulart, esta ação é de grande importância para os alunos da APAE.

“Como empresa familiar que sempre esteve à frente em vários aspectos, a Alcidino nos reforça a importância deste envolvimento social e comunitário, por serem de uma consciência e responsabilidade como cidadãos e empresários que ultrapassa alguns padrões que a gente costuma ver, fazendo deles exemplos. Com essa iniciativa, eles beneficiam nossos alunos repassando mais do que objetos físicos, mas contribuindo de modo integral com a qualidade de vida desses jovens que têm dificuldade ocular e nem sempre tem oportunidade facilitada de atualizar seus óculos”, afirma.

No final da ação um vídeo com o tema “Como nós enxergamos a vida” será divulgado nas redes sociais e na Unisul TV para ajudar a divulgar a entidade e conscientizar mais pessoas a se sensibilizarem com o importante trabalho da APAE. “O vídeo traz uma mensagem muito bonita sobre como esses alunos enfrentam os desafios e obstáculos de maneira leve e transbordam amor em tudo que fazem. Queremos fazer a sociedade conhecer o potencial e a forma maravilhosa que eles têm de enxergar a vida”, diz Rafael Horse, produtor do vídeo.

Para quem deseja ajudar a APAE basta entrar em contato com a instituição pelo telefone (48) 3626-1312 ou email contato@apaetubarao.org.br. Também é possível acompanhar as ações da instituição pelas redes sociais, no Instagram e Facebook @apaetubarao.

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Apae