Aos 11 anos, a estudante do 5º Ano do ensino fundamental da escola municipal de Tubarão, Professor Cleto da Silva, aceitou o desafio e, desde maio, já leu 45 livros.

A professora relata que a partir do projeto literário, os estudantes passaram a ter interesse em levar livros de histórias para casa, mas a Nicolly superou todas as expectativas. “Ela já leu mais livros do que a maioria dos brasileiros vai ler durante toda a vida”, diz admirada a professora, ao acrescentar que com o desafio literário proposto, espera, além de incentivar a leitura, que os alunos se tornem também bons escritores.

Para comprovar e não esquecer de nenhuma obra lida, a estudante, do bairro Guarda Margem Direita registra em uma folha de caderno os livros que lê. “Anoto todos, pois tenho certeza que lerei muitos outros, pois já no primeiro livro fiquei entusiasmada e tomei gosto pela leitura”, revela.

Nicolly incentiva os colegas da turma e seus irmãos a também lerem e aproveita ainda as histórias lidas para contá-las à sua irmã Sofya, de 6 anos, que custa dormir à noite.

A paixão pela leitura é tanta, que a estudante diz não ter um local preferido para ler. “Leio na mesa da cozinha de minha casa e na escola, no intervalo das atividades. O segredo é se desligar do mundo e viver a história que está lendo, como se fizesse parte dela”, ensina a pequena leitora.

A paixão pela leitura é tanta, que a estudante diz não ter um local preferido para ler. “Leio na mesa da cozinha de minha casa e na escola, no intervalo das atividades. O segredo é se desligar do mundo e viver a história que está lendo, como se fizesse parte dela”, ensina a pequena leitora.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Governo de Tubarão