Agência localizada no Centro de Tubarão, em frente a antiga rodoviária está na lista das 402 unidades que serão fechadas pelo Banco do Brasil  -  Foto:Lysiê Santos/Notisul
Agência localizada no Centro de Tubarão, em frente a antiga rodoviária está na lista das 402 unidades que serão fechadas pelo Banco do Brasil - Foto:Lysiê Santos/Notisul

Tubarão

São R$ 750 milhões de estimativa de economia anual com despesas administrativas que o Banco do Brasil pretende ter com o plano de reorganização institucional anunciado no último domingo. A estratégia de ampliação do atendimento por canais digitais do banco prevê o encerramento, em todo o país, de 31 superintendências regionais e 402 agências, e a transformação de outras 379 agências em postos de atendimento bancário. Em Santa Catarina, as mudanças vão resultar no fechamento de 37 agências e na transformação de outras 45 em postos.

Com estas alterações, o Estado passará a contar com 255 agências do Banco do Brasil e 171 postos de atendimento, além de 871 correspondentes bancários, 2076 caixas eletrônicos BB e 359 terminais da rede Banco 24 horas. A revisão da estrutura da estatal resultará na redução de 9,3 mil vagas de emprego. Para fazer esta adequação, o banco lançará o Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada. Em Santa Catarina, o banco tem 4.836 funcionários, dos quais 640 poderão aderir ao Plano.

De acordo com o BB, o encerramento das agências e a implantação das demais medidas ocorrerão somente no próximo ano. Antes, os clientes serão informados das alterações por canais diversificados, como por hotsite, SMS, aplicativo para celular, terminais de autoatendimento, correspondências e cartazes nas agências que passarão por mudanças. A Caixa Econômica deve deve caminhar no mesmo prumo. 

Clientes das agências fechadas manterão cartão e senha
Para os clientes das agências que terão suas atividades encerradas, a migração para uma mais próxima será automática: não é necessário realizar qualquer procedimento, de acordo com o banco.
Em um primeiro momento, o cliente poderá continuar usando cartões com o número da antiga agência, bem como informar o número ao acessar o internet banking.
A mudança para o novo número será gradativa, e informada pelo banco em seus canais de atendimento. A única mudança será a de que os clientes migrados terão um novo gerente. Mas cada cliente continuará a ser atendido por um gerente na nova agência, afirma o banco, em posicionamento.

Agências de Laguna também está na lista das que serão fechadas
Na região da Amurel, duas agências estão na lista das 402 que serão fechadas: a agência 5229 Cidade Azul, localizada na avenida Marcolino Martins Cabral, no centro de Tubarão, em frente à antiga rodoviária, e a agência 5356 Tordesilhas, localizada na rua Quinze de Novembro (Calçadão), no centro de Laguna.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Tubarão e Região, Armando Machado Filho, os funcionários serão realocados entre as agências, não havendo demissões. “Hoje (ontem), recebemos o plano oficial da empresa. Os funcionários serão remanejados, mas alguns poderão sofrer perdas com a mudança de função. Vamos acompanhar as propostas do banco”, explica.
Já as agências do bairro Oficinas, em Tubarão, a agência de Pedras Grandes, Rio Fortuna e Santa Rosa de Lima serão transformadas em postos de atendimento. 


Foto:Elvis Palmas/Divulgação/Notisul
Agência Tordesilhas, do centro de Laguna, conhecida como antigo Besc, será fechada

Agência x posto de atendimento
A agência dispõe de todos os serviços oferecidos pelo banco, já o posto de atendimento tem quadro de funcionários reduzido – sem uma gerência geral.