Joinville

Um homem acusado de agredir a pauladas uma criança de um ano e oito meses sentou no banco dos réus em Joinville. O júri popular condenou Alexandre Sobzack, de 47 anos, a 24 anos de regime fechado e 10 meses em regime aberto por tripla tentativa de homicídio. Alexandre também agrediu a mãe, de 23 anos e o avô da criança, de 53 anos. A sentença foi proferida e assinada pelo juiz titular da Vara do Tribunal do Júri, Luís Felipe Canever.

O crime ocorreu em março de 2017 e Alexandre se apresentou à polícia no dia 28 do mesmo mês, 10 dias após cometer os crimes. Alexandre que alugava uma quitinete para a família discutiu com o avô e a mãe da criança a respeito do pagamento de aluguel da quitinete na qual elas moravam. Durante a discussão, ele teria buscado um pedaço de madeira no carro e agredido a mãe e o avô. A criança, que estava no colo da mãe, foi atingida por um dos golpes. Ela ficou 83 dias internada, cerca de 30 só na UTI do Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria.

A criança sofreu traumatismo craniano e perdeu massa encefálica e ficou com sequelas tanto físicas quanto neurológicas devido a agressão.