Imbituba

A Associação Empresarial de Imbituba – ACIM apresentou a campanha Imbituba do Futuro na sessão ordinária da Câmara de Vereadores. O presidente da entidade, Adilson Silvestre, fez o uso da tribuna para a apresentação das ações que a entidade tem executado para fomentar a atração de novas empresas para a cidade, bem como o estímulo a abertura de novas vagas de trabalho e circulação de renda. Foram apresentados também, alguns aspectos da economia local que preocupam os empresários.
 
“De acordo com dados do IBGE, apenas 25% da nossa população está trabalhando, o que representa aproximadamente 11 mil pessoas em uma população estimada de 44 mil. Isto é muito pouco. Nós precisamos discutir o Porto de Imbituba, que é o maior fomentador de riquezas, sobre aspectos como, por exemplo, a retomada da linha da Ásia e outras possibilidades comerciais”, observa.

Ele destaca que o perfil do turista que veio para a cidade no último verão é bastante econômico, que vai pouco aos restaurantes e prefere fazer compras no supermercado para se alimentar em um apartamento. “Nosso comércio está sentindo a concorrência de outras cidades e também da Internet, tanto que estamos apoiando a Câmara de Dirigentes Lojistas na campanha para incentivar os moradores a comprarem aqui. Por outro lado, o porto nos oferece uma série de possibilidades de investimentos que poderiam ser feitos na cidade, mas para isso precisamos de visibilidade e representatividade”, explana, Adilson.
 
Em resumo, a ideia da ACIM é reunir as instituições municipais e conscientizar sobre a necessidade de um trabalho coletivo para a atração de novas empresas, especialmente de segmentos industriais que tenham ligação com a logística oferecida pelo Porto de Imbituba, para que, a médio e longo prazo, a economia da cidade possa ser mais estável e menos dependente das flutuações dos mercados nacionais e internacionais.
 
A Campanha Imbituba do Futuro já conta com o apoio de instituições como Câmara de Dirigentes Lojistas de Imbituba, Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Imbituba e Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul.