Tatiana Dornelles
Sangão

A BR-101 simplesmente parou devido ao acidente que envolveu seis caminhões, ontem, por volta das 16 horas, em Sangão. Uma pessoa morreu. Fernando Cardoso, 30 anos, de Criciúma, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ele conduzia o Ford Cargo placas CBR-5445 quando, em uma ultrapassagem, não conseguiu voltar à pista e bateu em um caminhão. Com isso, os outros veículos começaram a se colidir.

Os condutores Ernani Bento da Cunha e Dilmar Feldhaus tiveram ferimentos leves e foram encaminhados aos hospitais de Tubarão e Jaguaruna, respectivamente. O primeiro dirigia o Volvo placas IFY-5785 e foi levado pelo Corpo de Bombeiros. Já o outro motorista, Dilmar, conduzia o Scania branco, com placas KFD-7217, de Rio Fortuna, e foi socorrido pelo Samu.

O motorista do Scania 124 placas MMM-7490 de Joinville, Fábio Fernando Marques, foi o terceiro a bater, saiu da pista e tombou. “Tudo ocorreu em milésimos de segundos”, relata Fábio. O Scania placas MBO-0999, de Itajaí, e o Volkswagen MDO-0161, de Joinville, dirigido por Anderson dos Santos, também se envolveram no desastre.

Rodrigo Jobim Laewig, condutor do Iveco placas IJQ-5488, de Santa Vitória do Palmar (RS), conta que, por sorte, conseguiu frear, já que era o último da fila. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Iveco não chegou a colidir com os outros veículos, por isso, não é contabilizado no acidente. “O Ford Cargo, ao tentar voltar à pista, bateu em uma caçamba, que fez um ‘L’ e os outros caminhões colidiram. Nunca vi nada igual”, detalha Rodrigo.

Peças de motores, óleo diesel, vidro e outros materiais ficaram espalhados pelo local. Duas cabines foram completamente arrancadas. Uma fila de aproximadamente oito quilômetros em uma das pistas foi formada e, por volta das 18h30min, o trânsito ainda estava parado para quem seguia sentido Porto Alegre (RS).