Carolina Carradore
Jaguaruna

Mais um passo foi dado rumo à concretização do Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna. O processo licitatório para a construção do acesso, através da BR-101, tem três concorrentes – uma empresa e dois consórcios -, esperam o resultado das propostas.

Os envelopes com informações técnicas das empresas foram abertos na última sexta-feira. Cabe agora à secretaria estadual de infraestrutura analisar a documentação e verificar se as empresas estão habilitadas para participar da concorrência. Depois disso, será marcada uma data para a abertura dos envelopes que contém as propostas.

Ainda não há previsão do início das obras.
A obra compreende uma estrada de cinco quilômetros que ligará o empreendimento à rodovia federal. No trajeto, serão feitos um viaduto sobre os trilhos da Ferrovia Tereza Cristina (FTC) e uma ponte sobre o Rio Jaguaruna.

A segunda fase dos trabalhos no Aeroporto Regional Sul segue como esperado: 65% do cronograma está concluído. No terminal de passageiros, falta a colocação dos vidros e do piso no andar superior. A escada rolante, o elevador e a esteira para as bagagens estão instalados. No térreo, os pisos de porcelanato também foram colocados.

Segunda fase

A segunda fase da obra do aeroporto (com investimento de R$ 6 milhões) compreende a construção do terminal de passageiros, redes elétrica e hidrossanitária, climatização, subestação de energia com capacidade para 300 KVA, estação de tratamento de esgoto e de água, unidade do Corpo de Bombeiros, telecomunicação de telefonia e cabeamento estruturado, proteção contra descargas atmosféricas, paisagismo e torre de controle de tráfego aéreo.