A sessão solene de posse dos novos acadêmicos efetivos da Academia Tubaronense de Letras (Acatul) ocorreu nesta quinta-feira (14), no Clube 7 de Julho, na Cidade Azul. Quatro novos imortais tomaram posse: o prefeito de Tubarão Joares Carlos Ponticelli, o jornalista e professor de língua portuguesa e literatura Maycon Vianna, a publicitária Edla Zim e Maristela Patrícia Meneghel Bettiol.

Edla ocupa a cadeira 8 imortalizada como cadeira Miryam Maier Nunes. A  patronesse da agora imortal é Carolina Maria de Jesus.  Ponticelli ficou com a cadeira 19 que foi imortalizada como Alberto Cargnin. O patronesse  do chefe do poder Executivo da Cidade Azul é Antonieta de Barros. Maycon  está na cadeira 11 imortalizada como cadeira José Ribamar Libânio da Silva e seu patronesse é Guimarães Rosa. Maristela ocupa a cadeira 21, que foi imortalizada como cadeira Lédio Rosa de Andrade. Ela escolheu como patrono Carlos Drumond de Andrade.

Maycon foi repórter e colunista do Notisul há alguns anos, tem uma obra publicada ‘Desafios da Redação’ e se prepara para o lançamento de seu segundo livro sobre a história do cinema local. O mais novo imortal se mostrou orgulhoso e agradecido por fazer parte da Acatul. “Sobre a posse é uma satisfação muito grande porque podemos trabalhar agora com os literários de Tubarão e difundir essas obras dos nossos acadêmicos nas escolas do município, do Estado ou particular. É uma satisfação grande fazer parte com membros consagrados da nossa literatura e tentar contribuir da melhor maneira possível. Assim, possamos divulgar ainda mais a Academia Tubaronense de Letras”, pontua.

A Acatul nasceu em 29 de agosto de 2000, fundada por iniciativa de um grupo de escritores com o objetivo de incentivar a apoiar o cultivo das letras. Atualmente, a academia conta com 30 cadeiras e 27 membros. A academia foi fundada por 19 acadêmicos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul